Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Vamos andar muitos anos em austeridade

OCDE junta-se às restantes instituições financeiras ao prever que a nossa economia vai rastejar com crescimento na ordem dos 1,3% . Espera-nos muitos anos de austeridade. Quem disser o contrário está a mentir.

No entanto, o centro dos problemas parece ser o investimento, tanto o público como o privado. É a fraca evolução deste indicador, explica a OCDE, que justifica grande parte das dificuldades de crescimento. Os técnicos da organização vêem o crescimento a cair 2% este ano, avançando 0,7% no próximo. Ora, se pelo menos dois dos apoios do governo são inimigos do investimento privado estamos conversados, já que o investimento público está a ser cortado no altar do défice.

Como já foi referido, onde a OCDE não aconselha a poupar é no investimento público, preferindo uma redução da despesa corrente, especialmente com salários dos funcionários públicos. Fazer uma revisão dos gastos do Estado, como o Governo planeia fazer, também "pode levar levar a ganhos de eficiência".

Ora, o que se vê é o governo fazer exactamente o contrário . Aumentar a despesa pública com funcionários públicos e pensionistas compensando com impostos indirectos que prejudicam a economia . 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.