Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Uma maioria à portuguesa em Espanha ?

Espanha é um grande país, o que lá acontece em termos políticos é muito relevante . Se o resultado das eleições de hoje for uma governação à portuguesa, podemos ter na Europa uma renovação de políticas à escala europeia. 

Depois de quatro anos passados de forte austeridade é capaz de estarem reunidas as condições para se entrar na fase seguinte . Um crescimento da economia mais forte e um maior equilíbrio das forças de poder europeias.

Uma maioria à portuguesa em Espanha seria a melhor notícia para a Europa. Quebraria de vez com a maioria do Partido Popular Europeu (a que pertencem em Portugal o PSD e o CDS, e na Alemanha a CDU de Angela Merkel) no seio do eurogrupo. Um dos maiores países da União Europeia, e quarta economia da zona euro, passaria da coluna da austeridade para os aliados de uma maior flexibilidade na gestão das despesas e das dívidas públicas do euro. Todas as economias do Sul do euro (à exceção talvez de Malta) passariam a estar do mesmo lado crítico em relação ao ordoliberalismo alemão. Em poucos meses, a Península Ibérica passaria do seguidismo ao Ministro Schäuble para uma posição autónoma e mais afirmativa dentro do euro. Acima de tudo, um governo ancorado à esquerda em Espanha permitira relançar a discussão política à escala europeia, que é o que nos tem faltado

O FMI já veio dizer que se foi longe demais com a inflexibilidade da dívida e do défice .