Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Uma fraude com pedido de desculpas

Como se adivinhava a redução dos preços dos passes dos transportes públicos atraiu cerca de 160 000 utentes (só em Lisboa) mas não atraiu mais barcos, comboios ou autocarros. Resultado ? O caos .

Trata-se de uma fraude, acenar com um preço mais baixo para atrair cidadãos para um serviço que não existe.

As desculpas são as do velho charlatão apanhado com a boca na botija ( tipo Joe Berardo...). A culpa, bem entendido, é dos trabalhadores e das suas greves, os investimentos que não se fizeram e que deixaram apodrecer comboios e barcos são agora alegremente previstos lá para 2022 porque não há stocks deste tipo de maquinaria. Há que produzi-los primeiro coisa, claro, que não era possível prever. 

Num país decente o que é que aconteceria a um governo que vende um serviço que não existe ? E que leva ao engano 200 000 utentes em todo o país ? E que lhes fica com o dinheiro dos passes ?

Com cobrador mas sem maquinista. Esta não lembrava ao Joe...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.