Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Uma Educação de proximidade

Com a transferência de competências para os órgãos locais e municipais a escola pública ganha proximidade . Para cada ambiente com os seus problemas próprios uma escola adequada por próxima. Quem é que acredita que um qualquer ministério consegue gerir milhares de escolas?

“Quem é que vai perguntar de que concelho veio cada aluno – e se a experiência da descentralização ali correu bem – quando chegar o momento de todos se candidatarem ao ensino superior?”.

Quem vai perguntar? Os mesmos que perguntam agora de que escola é que veio cada aluno. Se da boa escola pública se da má. Os mesmos que nos quiseram vender a ideia que a avaliação de escolas e professores era um erro. E que, após os rankings das escolas tornados públicos, nos vieram contar a história que o factor fundamental do insucesso era o ambiente em que a escola estava inserida.

Quem melhor conhece o ambiente escolar que as famílias e os órgãos locais e municipais? Quem melhor pode gerir os problemas específicos de cada escola que a proximidade ? O Presidente da Câmara é capaz de administrar todo um concelho e não é capaz de fazer grupo com os directores das escolas e com as famílias?