Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Um país ligado à máquina

Basta falharem dois factores externos, não controláveis pelo governo para que novo resgate nos atormente. Mas, no entanto, a ideia que nos querem fazer passar é que tudo está nos melhores dos mundos. Infelizmente não está. 

Os riscos também vêm de fora. “Portugal está a beneficiar — assim como toda a zona euro — de uma economia mundial mais forte, enquanto o seu elevado nível de endividamento privado e público apenas é sustentável graças à política monetária ultra expansionista do BCE”. Porém, “se um (ou ambos) destes fatores sair da equação, os problemas significativos do país deverão tornar-se mais evidentes outra vez“, argumenta o banco.

Neste cenário, sugere o banco alemão, o país pode ficar novamente privado do acesso ao mercado, tal como aconteceu quando foi obrigado a pedir ajuda internacional em 2011.

"Portugal está a beneficiar assim como toda a zona euro — de uma economia mundial mais forte, enquanto o seu elevado nível de endividamento privado e público apenas é sustentável graças à política monetária ultra expansionista do BCE.”