Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Um orçamento eleitoralista insustentável com a economia a arrefecer

Distribuir dinheiro a tudo e a todos com o objectivo de chegar à maioria absoluta. Sabemos como nos casos anteriores o que aconteceu ao país. E para medidas iguais é idiota pensar que os resultados serão diferentes.

  1. Há, todavia, uma grande dúvida – Tudo isto será sustentável a prazo, quando a economia arrefecer?
  •          O período que estamos a viver é muito parecido com o tempo do primeiro governo de António Guterres, há 20 anos: também o Governo era minoritário; também a economia estava a crescer; também era "chapa ganha, chapa gasta"; também o Governo distribuía dinheiro por toda a gente para tentar a maioria absoluta.
  •          Depois, foi o que se viu: o PS não conseguiu a maioria absoluta; a seguir veio o pântano; e depois começou a crise que demorou estes anos todos.
  •          É bom agradar às pessoas e melhorar o seu nível de vida. Mas, se não houver conta, peso e medida, o que se ganha hoje perde-se amanhã.

 

4 comentários

Comentar post