Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

O Web Summit vai ficar por cá mais dez anos

Pronto o contrato para o evento ficar por cá mais dez anos está fechado. O seu organizador perdeu a independência mas assegurou o subsídio estatal. Uma mão lava a outra.

A partir de agora uma lista prévia de possíveis oradores será entregue ao governo ( que falará com o BE ) antes de se fazerem os convites. E o que era um evento empresarial privado passou a ser um evento controlado politicamente. E as consequências serão terríveis.

Porque a extrema esquerda não vai deixar de querer mandar, calar os adversários, estender a passadeira aos ditadores amigos dos pobrezinhos e assim transformar um evento inovador que junta o melhor da investigação numa reunião do comité central.

Quem acha que o BE se fica pela Le Pen anda distraído. Sabemos como começou mas não sabemos como acabará. Quem mais a extrema esquerda exigirá que seja cremado na fogueira ideológica e intolerante ?

A Web Summit acabou .

Há bloquistas refugiados no PS

Estar no PS assegura mais facilmente ascender na carreira política. Pensar como o BE e militar no PS é uma boa táctica mas é também uma vergonha.

Impedir a vinda de Le Pen à Web Summit é calar uma opinião o que é contrário à Democracia. Hoje seria a Le Pen lá mais para a frente seriam outros . Estes bloquistas encapotados ou não, querem é calar as vozes que não concordam com a sua. 

Além disso Le Pen foi votada por milhões de franceses que não recebem lições de pobres e minúsculos trotkistas envergonhados que se acoitam no PS e no BE. Era o que faltava.

Ver e ouvir uma senhora francesa filha de argelinos tentar calar uma francesa loira que é aceite em toda a Europa, dá bem a ideia do que é para estes multiculturalistas o multiculturalismo. Impor a sua vontade aos que nasceram em França e votaram numa francesa . E pressionar o governo português que nada tem a ver com a organização do evento. Ai, se cedemos...

Para o governo português o que verdadeiramente interessa é o impacto económico e tecnológico que o evento tem no país. Não pode subsidiar segundo o critério ideológico destes democratas envergonhados.

 

 

 

Não há corpos no Panteão mas há responsáveis

António Costa diz que o jantar de encerramento da Web Swmmit no Panteão Nacional foi indigno. O que não diz é que a autorização foi concedida por um membro do seu governo . Como é que o jantar é indigno e a autorização não é culpa do seu governo ?

Mais um passa culpa "à Costa ". Este governo trouxe a Lisboa a Web Swmmit e tudo o que de bom aconteceu já o que de mal aconteceu é culpa do governo anterior. Não é preciso fazer desenho nenhum.

A responsável pelo monumento diz que tudo foi feito segundo as regras e segundo a autorização concedida por quem de direito ( autorização com data de 2017) como não podia deixar de ser.

Mas socialistas, comunistas e bloquista estão possessos "não se pode mercantilizar os monumentos nacionais" . Nem é preciso ir muito longe para surgir a pergunta : então  os casamentos nos Jerónimos ?  E o restaurante no Museu Nacional de Arte Antiga ? ( ir para o museu logo de manhã, almoçar no seu belo jardim e continuar a visita de tarde ) E a venda de recordações ? E as fotografias ?

Como bem nos ensina o BE, tudo isto não passa de indigna comercialização há que arrancar tudo pela raiz e colocar os contribuintes a pagar. Já no orçamento para 2018.

Mas o pobre do Tuga vai a outros países bem mais ricos e janta em belos castelos ( bem conservados ao contrário dos nossos que caiem de velhice e de falta de manutenção), ouve e vê belos espectáculos em mosteiros com igrejas que guardam túmulos milenares (com corpos) e os cemitérios adjacentes ( seculares) são belos jardins por onde se passeiam os visitantes.

A culpa não é deste governo e muito menos de António Costa, podia lá ser ? Não apertem muito com o primeiro ministro que ele ainda dá de frosques e vai de férias.