Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

O chefe de gabinete que comprou uma sirene

O chefe de gabinete que não tinha as duas licenciaturas que constavam no curriculum fazia-se transportar todos os dias para e de São Martinho do Porto. 400 Kms diários com o estado a pagar motorista, carro e gasosa.

Pois eu conheci um chefe de gabinete que concretizou um sonho. Viver em Cascais. O problema é que chegava ao ministério todos os dias às 11,30 h senão mesmo a horas de almoçar. Aquilo dava nas vistas. O trânsito é muito mas havia ( e há) algumas opções, foi-lhe explicado. Uma delas era fugir do trânsito e levantar o cu da cama pela  manhã cedo, coisa que o chefe de gabinete não gostava. Outra era vir de comboio, até podia arranjar um carro com o motorista para o ir buscar ao Cais do Sodré. Mas a questão era quase a mesma.

Vai daí o bom do chefe de gabinete comprou uma sirene igual às da polícia. Chegava ao início da fila de carros que entravam em Lisboa, colocava a sirene no tejadilho do carro e era um ver se te avias. Pi-pó-pi e os outros passageiros a darem prioridade à suposta autoridade.

Mas há pessoas invejosas, os sonolentos automobilistas começaram a desconfiar do carro da polícia à paisana diário e mais ou menos à mesma hora.

O sonho acabou quando uma brigada de trânsito avisada o mandou parar.

sirene-34035368.jpg