Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Incluindo as mais de 260 instituições públicas que estavam escondidas

Escondidas debaixo do tapete, entram pela primeira vez nas contas públicas. Apesar de mais este rombo o saldo das contas nacionais é positivo e melhorou em relação ao mesmo período do ano passado.

O Executivo prevê que este ano o défice em contabilidade pública fique em 5.093 milhões de euros, o equivalente a 2,8% do PIB. Em contabilidade nacional - o critério que interessa para Bruxelas - a meta é de 2,7% do PIB. 

O défice para o conjunto do ano reflecte as contas de todas as entidades, incluindo as mais de 260 que entraram pela primeira vez nas contas públicas este ano.

Sem estas entidades, o défice ficava em 3.783 milhões de euros, o que corresponde a uma melhoria de 392 milhões de euros face ao ano anterior.

Quem engana quem ?