Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Em Portugal não é o povo que mais ordena

Na Grécia, 74% dos cidadãos querem o país na União Europeia e no Euro. O que fez o Syriza? Ajustou o seu discurso ao querer do povo. Passou a defender a permanência da Grécia na UE e no Euro. Está próximo do poder e bem. Em democracia é assim, os partidos devem reflectir o pensamento maioritário dos eleitores.

Em Portugal, 75% dos eleitores querem que o país permaneça na União Europeia e no Euro. E o que faz o PCP e o BE ? Carregam com tintas negras esse "querer maioritário" ao ponto de só falarem com o PS se este deixar de reflectir o querer maioritário do povo. Um tanto ridiculamente, a Catarina Martins até anda por aí a pedir assinaturas para uma petição para a saída da UE e do Euro. Que lhe interessa a opinião do povo se é ela ( pobre dela)  e os seus camaradas que têm razão?

É o povo quem mais ordena mas só quando lhes convem.

Do Portugal Pequenino - a RTP nunca mudará o mundo

Como escreveu ontem o Eduardo Cintra Torres, «substituindo Relvas, Poiares Maduro coincide com todos os partidos parlamentares numa visão estatista da RTP: o Estado deve possuir a RTP como instrumento e bandeira; servir o Estado é mais importante do que servir aos cidadãos conteúdos de interesse público.» Por consequência, decerto que os citados - ministro Maduro e todos os partidos parlamentares sob o alto patrocínio do Senhor PR que também comunga do princípio "instrumento e bandeira" - encontrarão uma maneira airosa de arranjar os 200 millhões para que o "instrumento e bandeira" se mantenha indemne como de há mais de meio século para cá.