Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Marcelo já admite novo governo

Marcelo deixou cair a linha limite das autárquicas e já fala em legislatura. Paralelamente também fala em novo governo .

O ano que agora começou vai ser de enormes tensões e a TSU mostra como a geringonça pode facilmente entrar num caminho de bloqueios. Percebendo tudo isto, Marcelo mudou a agulha e diz agora que a oposição deve durar a legislatura (e até já admite outro Governo se o de Costa falhar: “hoje é o de Costa, amanhã é o de Passos”). Assim como assim, mais vale jogar pelo seguro. Não vá o diabo tecê-las.

Porque mudou Marcelo ? Porque a anunciada morte do "passismo" era claramente exagerada .

Um governo cheio de socráticos

O que quererá isto dizer ? Que Sócrates nunca existiu ? Que o governo de Sócrates onde alguns dos actuais ministros foram responsáveis, não tem culpa nenhuma na bancarrota a que levou o país ? Gente cheia de experiência, mas que experiência ? 

Devemos defender que a presença de Santos Silva e Vieira da Silva num futuro governo PS é inconcebível por eles terem feito parte do núcleo duro de um primeiro-ministro com indícios fortes de corrupção. Devemos defender que a presença de Santos Silva e Vieira da Silva num futuro governo PS é inconcebível por terem feito parte do núcleo duro de um governo que levou o país à bancarrota.

E porque me lembro disto tudo, estou até receoso que a nomeação de Francisca Van Dunem para ministra da Justiça, interpretada por alguns comentadores como um reforço da autoridade do Ministério Público junto do governo, tenha sido antes uma escolha de António Costa com o objectivo de vigiar de perto a actividade da Procuradoria numa era dominada por vários processos com profundas implicações políticas. Tendo em conta o currículo do PS no domínio da justiça desde os tempos da Casa Pia, ninguém pode dormir descansado.

Este governo começa sem estado de graça e sem credibilidade.