Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Calar os mortos é respeitá-los segundo Marisa Martins

Onde estão os homens justos do meu país já que a Marisa Martins diz que calá-los é respeitá-los ?

O governo e o BE, bem como o PCP e outros detentores da verdade querem calar aqueles que podem dar voz aos que morreram. Não há culpados ? Está tudo esclarecido ? Ninguem tem nada a acrescentar ? Morrem 66 pessoas e nada há a saber ? Como se fez em ditadura em 1967 nas inundações ? Não há vergonha ou quer-se proteger o governo ?

É inacreditável que em democracia se crie uma central de informação para filtrar o que bombeiros, autarcas e famílias têm a dizer . E a seguir vão calar a imprensa livre ? As televisões vão ser impedidas de informar porque podem fomentar o mimetismo ? Podem despontar o incendiário potencial que há em cada um de nós ? É este o estranho respeito que Mariza Martins tem pelos mortos e pelos vivos ? Calá-los ?

Quando tudo parecia correr para a instalação da paz dos cemitérios, Marcelo veio avisar que há que aprofundar, discutir o que aconteceu, dar voz aos que a perderam. E veio dizer também que é necessário saber o que aconteceu após o assalto em Tancos.

São armas ou são sucata ? Demitiram-se comandantes e oito dias depois readmitiram-se ? Sem nenhum inquérito ? Onde está o respeito pelo direito das militares ? Cobrir de vergonha a instituição militar é respeitá-la ?

Mariza Martins veio mostrar do que se tratava. O pezinho ditador a fugir para a chinela...

Honrar os mortos

Para se apurar a verdade a que temos direito é sempre tempo, não podemos deixar que encoberta pelo manto diáfano dos interesses instalados, a narrativa do politicamente correcto prossiga. Há muito que o país e as populações sofrem na pele os fogos que com esta dimensão e intensidade não existem em mais país nenhum.

Pouco a pouco a verdade revela-se como os fundos europeus que este governo deixou na gaveta e não aproveitou para limpeza das matas. E o desmantelamento da coordenação operacional entre distritos que foi desmantelada . E o SIRESP que não funciona.

Honrar os mortos é encontrar a verdade não é calar por conveniência política

exp24-6-2017.jpg