Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

PCP : É-se funcionário enquanto o partido quiser

E um patrão pode dizer que " é-se trabalhador da empresa enquanto a administração quiser ?"

O PCP diz todos os dias que não, que a empresa tem que cumprir a Lei Laboral mas vem dizer agora que "a Lei laboral não está acima das normas internas do partido" . E esta , hem ?

Corre no tribunal uma acção de um ex- funcionário do PCP que foi despedido por não estar de acordo com a formação da " geringonça". Despedido ! E esta, hem ?

Numa palavra, o PCP está acima da Lei Laboral que se aplica a todas as empresas ou organizações sejam elas comerciais, sociais ou políticas em que exista um vínculo laboral .

Esta podia lembrar a todos menos ao Partido Comunista Português . Digo eu...

Lei laboral - o PS não é de esquerda dizem PCP e BE

É a Lei Laboral a abrir fendas na geringonça . As limitações de governação do PS em prosseguir reformas estão mais uma vez evidentes na Lei laboral. Vai ter que ceder alguma coisa poucochinha mas no essencial tudo ficará na mesma.

"Estamos a falar de salários, de direitos, da reposição de horários de trabalho, da contratação colectiva (...) o PS não está nessa, está do lado do capital, está do lado dos interesses de classe" .

"Vemos que há propostas de combate à precariedade e o PS comprometeu-se com limitar o acesso das empresas aos contratos temporários mas não teve coragem de o fazer ".

A água e o azeite também não se misturam.