Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Em Hong Kong a luta é pelo liberalismo

Milhares de cidadãos lutam nas ruas pela liberdade e nas recentes eleições o povo e o seu voto infligiram uma humilhante derrota aos ditadores chineses.

E sim, Hong Kong representa o maior contra-ataque deste século aos ideais socialistas, expondo que a intervenção estatal providencia uma ilusão inicial de sucesso que não dura muito tempo: a longo prazo, o socialismo nada é senão a fórmula perfeita para a tirania e miséria. E os cidadãos de Hong Kong sentem-no cada vez mais, à medida que a China trespassa as fronteiras da região para retirar liberdades individuais a cidadãos que se habituaram a viver em liberdade.

Falta-nos perceber, cá, na Europa privilegiada e Ocidental, o que os jovens de Hong Kong e de Moscovo já compreenderam: que o único antídoto para governos autoritários e oligárquicos é o liberalismo. Foi a doutrina liberal e a sua defesa da liberdade individual, do mercado livre, de um governo limitado, a par com a fé no progresso humano, que formou o mundo livre ocidental