Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Entre ver passar os aviões e construí-los

Quem diria que no Alentejo se construíriam aviões ? Já lá está a Embraier brasileira com capitais portugueses, que produz aviões, uma empresa francesa que produz peças para aviões, uma outra fábrica brasileira em construção e, este ano, Évora beneficiará de um novo investimento de 10 milhões de euros numa outra fábrica .

Seria isto possível num país fechado, isolado e não integrado num grande espaço económico e político como a União Europeia ?

No Parque de Indústria Aeronáutica de Évora funcionam já três fábricas, duas da construtora aeronáutica brasileira Embraer (uma de estruturas metálicas e outra de materiais compósitos) e uma da empresa Air Olesa, igualmente para fabrico de componentes para a aeronáutica.
Uma outra unidade, pertencente ao grupo francês Mecachrome, encontra-se em fase final de construção, devendo, em breve, começar a produzir peças para motores e para a estrutura de aviões.

Alentejo da minha alma/ tão longe me vais / da miséria e dos agrários da linha de Cascais...

E-195_E2_01-960x640.jpg

 

 

O Tó Zé trata disto junto de Hollande

Os sindicatos franceses querem levar parte da produção da fábrica de Cacia para França. Está na altura de falar com o António José Seguro, isto entre camaradas é um figo. As negociações entre a administração da Renault e quatro organizações sindicais franceses incluíram a transferência de parte da produção da fábrica portuguesa de Cacia para a fábrica francesa de Cléon, confirmou ao EXPRESSO o diretor de comunicação da Renault em Portugal, Ricardo Oliveira.

Ler mais: http://expresso.sapo.pt/sindicatos-franceses-querem-transferir-a-producao-de-cacia=f787176#ixzz2KuoFE6QL