Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

A transparência de olhos em bico

Foi advogado dos chineses que compraram a EDP. Foi assessor do governo que legislou a favor da OPA. Foi já como ministro que recebeu os representantes chineses . Três em um. A chamada ética republicana que se aplica a todos menos ao PS .

Depois de o escritório de advogados a que pertencia ter assessorado os chineses, depois de o próprio ter participado na feitura de uma lei que facilita a OPA dos chineses e depois de o próprio, já com as vestes de membro do Governo, ter recebido a China Three Gorges, é que se lembra de pedir escusa? Agora que o caminho para a OPA está todo desbastado é que pede escusa?

E a Ordem dos Advogados não tem nada a dizer ?

Isto é tudo uma grande merda mas a gente diverte-se muito.

Os trabalhadores pobres na China são a razão do desemprego no Ocidente

Compramos jeans a 5 euros porque na China há trabalhadores que trabalhando em condições horríveis ganham miseravelmente. E esta é a razão primeira do desemprego nos US e na UE. 

Foram estes trabalhadores americanos desempregados ou "em perda" que deram a vitória a Trump. Estados tradicionalmente democráticos deram agora a vitória aos republicanos e, não por acaso, constituem a "cintura industrial do lixo " na América.

Entretanto, em cada seis chineses há um milionário , como bem se vê pelas compras milionárias que a China e os chineses fazem por essa europa fora e nos US.

Com o politicamente correcto na agenda fomentamos a globalização, não pelas razões certas mas pelas razões erradas. Cresceram os pobres e os ricos de ambos os lados à custa dos avanços sociais que a classe média dava como adquiridos.

Por cá, pelo quadrado, vemos a classe média ser depenada para encher os bolsos ( antes fosse) de quem tem trabalho certo e seguro . Há cada vez mais excluídos e isso tem consequências mais tarde ou mais cedo. Tudo tendo como pano de fundo uma economia que não cresce, que não cria riqueza. O mesmo dinheiro só muda de mãos. Entre muros e inter-nações.

Sem uma economia capaz de pagar salários decentes e sustentar o estado social o contágio será inevitável na Europa. O populismo à esquerda e à direita fará o resto pouco que falta.

Merkel, a cara da má direita, segundo os progressistas, lidera as soluções para acolher os milhões de migrantes que nos procuram . Passou de besta a bestial .

 

Dinheiro chinês aponta ao BCP e ao Novo Banco

Com a banca em estado de sítio e o país sem dinheiro o capital chinês prepara-se para ser o  maior accionista no capital do Banco Comercial Português e comprar  o Novo Banco.

O BCP passa por um momento particularmente difícil com as suas acções a desvalorizarem constantemente em bolsa. O Novo Banco anuncia prejuízos elevados - não esquecer que este é o suposto banco bom, nem em bom falar no banco mau.

Diz-se que o capital não tem nacionalidade o que é o mesmo que dizer que o que é preciso é haver dinheiro. Não sei se é assim em todas as situações o que sei é que a situação da banca é tão difícil que me parece não haver sequer oportunidade para discutir a questão.

Depois da REN e da EDP, da saúde ex-Espírito Santo e de importante parte do sector segurador, é a banca em dificuldades a passar para mãos chinesas. E não esquecer que também há dinheiro chinês na TAP. Como se vê tudo em grande e em importantes sectores económicos.

E não, não é por causa dos nossos bonitos olhos, é mesmo por o país estar à venda e por ao contrário dos outros países em programa Portugal ter perdido a oportunidade de recuperar a banca.

jornal-de-negocios-2016-08-01-b17ef6-x.jpg

 

publico-2016-08-01-4e0740-x.jpg

 

91 mil milionários fugiram do paraíso chinês e o resto vem a caminho...

Isto do dinheiro é como ter uma namorada boa e não a mostrar aos amigos. Ter dinheiro e estar fora do mundo ? Estar mergulhado na poluição que faz parar as grandes cidades . Os escândalos na qualidade da alimentação que manda milhares para os hospitais. Presos políticos e adversários políticos executados. A desaceleração económica dos últimos anos. “Há a perceção na China de que a qualidade do ensino está muito abaixo daquela que é oferecida em países como os Estados Unidos ou o Reino Unido.

Há mais de um milhão de milionários na China que acumulam uma riqueza conjunta superior a 20 biliões de euros. Segundo uma informação recente do banco UBS e da consultora internacional PricewaterhouseCoopers, estes milionários surgem ao ritmo de um por semana no país.

O tal modelo " um país dois sistemas" com uma organização política comunista com um só partido que controla o aparelho de estado e uma economia copiada do sistema capitalista.

Como é bom de ver o sistema capitalista cumpre a sua parte ( produzindo milionários) e o sistema comunista como sempre também cumpre a sua parte ( os pobres são cada vez mais pobres).

 

 

A elite comunista mundial aos papéis no Panamá

Já aí corre que são os Estados Unidos que estão a financiar os jornalistas que investigam os Papéis do Panamá. A dúvida está a instalar-se pela mão dos comunistas e bloquistas. Pudera, que os capitalistas lá escondem dinheiro não é surpresa para ninguém mas as virgens comunistas? Pode lá ser !

Colocando assim a questão só os comunistas têm a perder  e vá de instalar a suspeição . O importante deixa de ser a investigação e o que divulga publicamente e passa a ser a mão atrás do arbusto ( ou a mão que embala o berço). Mais importante que a verdade é manter fora de dúvidas a superioridade moral das elites comunistas. Para isso nada melhor que denunciar o imperialismo americano.

Paralelamente, os actos terroristas na Europa, e as guerras nos países muçulmanos, devem-se à indústria de armamento dos US que precisa de vender armas. Boa notícia, é fácil acabar com a guerra, basta acabar com a indústria de armamento.

  

 

Felizmente eles já andam por aí.

Os Chineses estão cada vez mais interessados em Portugal. Eu trabalho como assessor de um grupo que já cá está a investir em várias áreas. Por enquanto entendemo-nos em Inglês, e aqui e ali em Português. Já compreendem mas ainda têm dificuldade em falar. Tomaram a decisão de criar no nosso país a base da sua expansão para a Europa e para os países que falam Português.

Há cada vez mais jovens a aprender Português como há jovens portugueses a aprender Mandarim. Curiosamente lá para cima para Trás-os-Montes.

Dentro de cinco anos, "teremos mais de cinco mil universitários chineses a aprender português. Nalgumas universidades o português já é a segunda nota mais alta de entrada".