Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

O caminho da indústria é apanhar a boleia da Alemanha

Todo o movimento que vamos ter nos próximos anos vai ser liderado pela Alemanha e este nosso plano tem de estar muito entrosado com aquilo que vai ser a estratégia de industrialização da Alemanha e das grandes multinacionais. Temos que apanhar esse comboio”. Até porque, sublinha, “temos algumas vantagens e é sobre isso que temos que construir. Conhecemos muito bem o investimento alemão: Autoeuropa, Bosch, Continental são alguns exemplos. Já têm uma forte ligação ao tecido empresarial português e, por vezes, a universidades portuguesa”. É nesta oportunidade que temos que trabalhar, até porque o risco também é grande. “Com a pandemia vai haver uma competição feroz pelo investimento na Europa”, afirma.

Covém, portanto, não inventar para não desbaratar o dinheiro em pomposos projectos que nos têm levado à pobreza.