Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Solução para a dívida

Não há soluções milagrosas e muito menos perdões. Mas o tempo, as soluções intermédias, o processo, vão encontrando caminhos. Está aí a compra de dívida pelo BCE. Foi preciso contornar a pouca vontade dos países mais ricos que não queriam suportar garantias mútuas.

Com os bancos centrais de cada país a comprar a sua própria dívida a questão da garantia mútua fica resolvida. O BCE empresta dinheiro ao Banco de Portugal ( o BdP é accionista do BCE. Paga-lhe com os dividendos) que por sua vez compra até 25% da dívida, +- 30 mil milhões.

O presidente do BCE, Mario Draghi, já comunicou os pontos-chave do programa de ‘quantitative easing' a Angela Merkel e ao ministro das finanças alemão, Wolfgang Schaeuble. De acordo com a revista Spiegel, citada pela Bloomberg, o programa de compra de activos será operacionalizado através dos bancos centrais de cada país, para evitar a transferência de risco entre os estados-membros.

E é assim. Depois do trabalho de casa feito a UE tem soluções. Fora da UE é que não temos solução nenhuma.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.