Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Sócrates especialista em minas e armadilhas

Os peões de Sócrates afastaram Seguro. Já se fala numa vaga de fundo a favor de António Costa. Com Costa a disputar o partido e  as legislativas, ganhe ou perca, fica afastado da corrida presidencial. Se as sondagens forem favoráveis Sócrates entra na corrida. A primeira parte da estratégia está montada.

Em 2015 não haverá maioria absoluta. Passos Coelho pode sempre coligar-se à sua direita com Portas e à sua esquerda com o MPT de Marinho Pinto. Costa pode fazer o mesmo.( não esquecer que o PS e o PSD nas sondagens para as legislativas estão ambos próximos dos 30% e separados por 0,4%. Qualquer um deles poderá chegar à maioria absoluta coligado com o CDS e o MPT)) Costa também poderá tentar trazer o PCP para a sua órbita. Claro que o PCP não vai deixar de ser contra o Euro e contra a União Europeia mas poderá negociar. Por exemplo, colocar o açaimo na CGPT a troco de manter a TAP, as Águas de Portugal e a Caixa Geral de Depósitos na órbita do estado. E do reforço estatal do Serviço Nacional de Saúde e da Educação. E, quiçá, impedir ou interromper as concessões a privados dos transportes públicos. É por causa das privatizações que a exigência das eleições antecipadas é comum aos partidos à esquerda.

Mas o ano e meio que temos pela frente é muito dificil  para a oposição. Porque é verdade que as razões do sucesso do nosso país estão nos países nossos parceiros na economia. Com excepção da França estão todos a crescer acima das expectativas. O que arrasta a economia Portuguesa, seja pelas exportações, pela emigração e pelo investimento.

Neste momento o que se discute no PS é saber quem vai a jogo a dar cartas. Passos Coelho ou António Costa?