Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Schauble de besta a bestial

O ministro das finanças alemão elogia o caminho que Portugal tem trilhado desde o memorando da Troika.

Elogia o trabalho de Vitor Gaspar num contexto muito dificil e o trabalho de Mário Centeno na consolidação orçamental.

De passagem refere-se a 2016 e ao 2º resgate que esteve perto já depois da tomada de posse do actual governo. Foi nessa altura que Centeno, conhecedor, inverteu as prioridades, largando o crescimento do consumo interno e voltando às exportações. As exportações são uma treta dizia a ignorante Catarina Martins

Schäuble aproveitou para recordar as críticas deixadas ao país no final da primeira metade de 2016 . “Sempre que as despesas de um Estado altamente endividado saem fora do controlo, deixa de haver acesso a novos créditos nos mercados financeiros e, em última consequência, poderá ser necessário aplicar um programa de assistência. Lançar alertas nesse sentido pode não ser uma medida popular, mas o contexto mantém-se válido.