Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Recuperação da Zona Euro está a ganhar força

BCE revê em alta o crescimento da economia e a inflação mas avisa que ainda são necessários estímulos. Confirma que vai reduzir as compras de dívida a partir de Janeiro mas cautelosamente.

"O passo rápido de expansão económica e a melhoria significativa nas perspectivas de crescimento" que beneficia do momento cíclico da economia e resultará em melhorias no mercado de trabalho "dão espaço para mais confiança de que a inflação vai convergir em direcção ao nosso objectivo de inflação", definido como um valor próximo, mas a inferior a 2%, afirmou em Frankfurt, reflectindo em parte a revisão em alta das previsões de crescimento na região, que colocam o PIB da Zona Euro a aumentar mais de 2% por ano tanto em 2017, como em 2018.

Portugal vai à boleia mas diverge crescendo menos que a média europeia.