Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Quem impediu a OPA da Sonae sobre a PT ?

É bem verdade que há virtudes e defeitos na gestão privada e na gestão pública. Por mim nunca coloquei o problema dessa forma. A questão é que o estado não pode estar ao mesmo tempo em todas as áreas de actividade que lhe são próprias e, além dessas, nas económicas, nas sociais, passando pela saúde e a educação. Não pode ser monopolista e ao mesmo tempo regulador, interventor e financiador. Um estado assim é uma ditadura e é incompatível com uma democracia.

O estado pode ser melhor regulador e antecipar os desvios comportamentais dos poderosos não pode é modificar a natureza humana. Os exemplos das sociedades comunistas são mais que conhecidos. E as sociedades dependentes do "estatismo" dão sempre no resultado que estamos a ver em Portugal. Pela terceira vez o sistema "estatista" que nos governa levou o país à bancarrota. De braço dado com os banqueiros e os empresários do regime. Veja-se como começou o declínio da PT que Luis Nazaré aponta. A "golden share" foi usada para impedir a OPA da Sonae sobre a empresa. E foi usada pelo accionista estado. Que tomou partido nas estratégias em confronto entre os então accionistas. Queixam-se de quê e de quem?  Do BES, que fazia e desfazia governos? Que  foi o parceiro mais frequente e mais poderoso em todas as operações com o Estado que nos levaram à bancarrota? Desde parceiro do estado em todas as grandes empresas públicas de rendas fixas, até às PPPs e Swaps , não foi o estado que alimentou aquele monstro? "Este" estado?

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.