Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Quem ganhou a privatização da EGF foi uma empresa portuguesa - a SUMA

Uma canalhice. Mais uma desta comunicação social que alimentamos. Lula ex-presidente do Brasil teria "metido uma cunha" a Passos Coelho a favor da Odebrecht, empresa brasileira. O primeiro ministro já veio negar mas se a comunicação social não fosse o que é - uma máfia - teria sublinhado que apesar da "cunha", a empresa brasileira não ganhou o concurso e que, Passos Coelho, mais uma vez mostrou ser um político muito diferente daqueles outros que se envolveram nas negociatas do regime. Isto se a cunha existiu mesmo.

O chefe do executivo PSD/CDS-PP referiu que a EGF "foi privatizada sem que sequer qualquer empresa brasileira tivesse apresentado proposta alguma", e acabou vendida a uma empresa portuguesa -- a Suma.

"No resultado em concreto, qualquer que fosse a intenção de alguém em posicionar melhor ou pior alguma empresa, independentemente disso, isso não teve qualquer consequência com a realidade", salientou.

Quem é que anda a enganar quem ?