Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

PS e PSD de acordo - execução orçamental em 2014 foi um brilharete

PSD diz que a execução orçamental de 2014 foi feita "2/3 pela despesa" e sem aumento de impostos. O PS diz que o brilharete foi conseguido "à custa dos portugueses". Mas concordam num ponto importante. A execução orçamental foi um brilharete, com controle da despesa e aumento da receita à custa do alargamento da incidência dos impostos. Mais gente a pagar.

O PS  reagiu assim à apresentação pelo Governo da execução orçamental de 2014, onde o défice ficou 655 milhões de euros abaixo do inicialmente estimado.

Em nota enviada à imprensa o Ministério das Finanças explica que "para este resultado contribuiu a redução da despesa em 1.192,7 milhões de euros, bem como do aumento da receita em 568,8 milhões de euros", acrescentando que "Excluindo os juros, o saldo primário regista uma melhoria de 1.911,9 milhões de euros, fixando-se num excedente de 1.029,7 milhões de euros, contribuindo para este resultado também a redução da despesa primária (despesa excluindo os juros) em 1.343,1 milhões de euros".

Os que diziam que era impossível deviam estar contentes por estarem enganados. Trata-se da situação financeira do país.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.