Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Poupança de 1,1 mil milhões de euros de juros da dívida

Com as actuais taxas praticadas pelos mercados Portugal pode poupar 1,1 mil milhões de Euros se antecipar o pagamento dos empréstimos que obteve junto do FMI. Uma amortização antecipada de parte dos empréstimos do FMI permitiria obter poupanças com juros, caso se mantivessem as taxas actuais. Mas, mais que isso, criaria a oportunidade ao Estado de alongar a maturidade da dívida, diminuindo as pressões de refinanciamento até 2020, período em que Portugal terá de abater uma média de 13 mil milhões de euros por ano. Uma parte significativa desta montanha de dívida a amortizar diz respeito aos empréstimos do FMI.

Na prática é mais difícil porque a pressa de ver pelas costas o FMI poderia ser interpretado pelos mercados como o aliviar de medidas que ainda são necessárias para consolidar as contas públicas.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.