Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

PCP e BE apresentam a factura a António Costa

Não há almoços grátis e muito menos com partidos comunistas, anti- economia de mercado e anti-União Europeia.

O Ministro das Finanças diz hoje que não entende a posição do BE. Por cada avanço o BE apresenta mais uma exigência. E o PCP apresentou 42 exigências e dali não sai. É bom negociar se no fim for a nossa posição a vencedora.

António Costa sempre soube que era (é) assim. Precisou dos partidos à esquerda para chegar ao poder e abriu mão de  soluções que sabia à partida que iriam custar muito dinheiro a todos nós.

Na TAP não foi preciso muito tempo para perceber que na mão de um ministro imberbe e com as pernas a tremer se cavava um buraco negro por onde desaparecem milhões. Já vai em 1 700 milhões e 1 600 despedimentos de trabalhadores. E as rotas em operação dão todas prejuízo ( Pedro Nuno) embora tentasse passar a mentirinha que só as operações no aeroporto Sá Carneiro são deficitárias. E vão ser pelo menos mais 3 anos com a companhia a cavar dinheiro e desemprego.

No Novo Banco o PS já foi até onde pode ir ( cumprir o contrato que Costa e Centeno assinaram) e já lá foram devorados quase 4 mil milhões. Nem mais um euro para o banco, resta o BE dizer como se faz sem prejuízos ainda maiores.

O Montepio está a ser artilhado para rebentar logo que possível. Mais uns milhões que os contribuintes vão pagar.

Após 5 anos de geringonça não há um único problema que tenha sido resolvido apesar do corte de investimento no SNS, na Educação e na Justiça. E na Segurança Social valha-nos os dinheiros europeus.

Não desce a dívida, não cresce a economia e deterioram-se os serviços públicos.

Estamos lixados e entregues ao estado.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.