Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Passos Coelho não consegue explicar e eu também não

Vamos lá ver se eu consigo perceber. Já sabemos que do lado da PGR não há nada a fazer. Prescreveu, caso arquivado. E quanto à matéria fiscal ? Durante muito tempo as empresas eram obrigadas a guardar a "escrita" durante cinco anos. É possível que tenha passado para dez anos. De qualquer forma, documentos contabilisticos com 17 anos foram à vida, desapareceram, sumiram. De uma certa forma podemos dizer que prescreveram. Se não há documentos, no caso recibos, como é que se prova que os recebimentos não foram  declarados em sede de IRS ? Recebeu dinheiro da empresa e não passou recibos ? A empresa pagou por ele impostos em sede de IRC ?

Nesse tempo, as empresas remuneravam os quadros com complementos que não pagavam impostos. Ainda hoje é assim embora a malha esteja bem mais apertada . Mas ter carro, cartão com plafond para despesas de representação, viagens, seguros, tudo isso eram formas de salário isentas de impostos.

Pergunto : o que levaria uma empresa S.A (sociedade anónima) que é obrigada a pagar a um Técnico de Contas e a um Revisor Oficial de Contas a não cumprir a Lei fiscal num caso tão simples e relativo a uma verba tão modesta?

Poderia alguém, com dois dedos de testa, eximir-se a não declarar rendimentos pagos por uma empresa sabendo que esta cumpria a Lei e, como tal, declarava ela própria os ditos rendimentos?

A empresa hoje vai fazer uma conferência de imprensa e, cá ao perplexo, parece-lhe que é isto que vai dizer. E, na AR, há  o debate quinzenal . Tenho esperança que ao fim da tarde tenha percebido tudo tim-tim por tim-tim...