Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Os portugueses voltam a endividar-se para consumir

Para a compra de automóveis e para fins não específicos, leia-se consumo de bens correntes, os portugueses voltam a endividar-se. A confiança em tempos melhores voltou. Novos máximos em Junho.

 Em termos homólogos registou-se, segundo os dados do Banco de Portugal, um crescimento de 21,48%. face ao mesmo mês de 2014. No caso dos créditos para automóvel, o aumento é ainda mais expressivo: 42%.

Este forte aumento, numa base homóloga, é explicado pelos créditos pessoais e os empréstimos para a compra de carros. Os financiamentos pessoais, sem finalidade específica, continuam a dominar estes créditos, totalizando 174,2 milhões (42,6% do total), apresentando um aumento de 14,8% .

É mesmo preciso incentivar o consumo das pessoas e das famílias ?