Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

O Zé quanto mais fala mais se afunda

Afinal os brasões da Praça do Império já não existem vai para vinte anos. Os jardineiros um dia chegaram ao jardim e decidiram : É, pá, isto já não existe e a história foi o que foi, nada a fazer. A história é o drama da humanidade. Só nos traz lembranças coloniais. E, logo ali, decidiram.  O Presidente da Câmara não sabe de nada e o vereador também não o que confirma o que eu já desconfiava há muito. Nenhum faz falta. Os jardineiros sim, fazem falta porque podem deixar morrer a memória colonial.

A praça mais visitada do país, de uma beleza excepcional, está entregue aos jardineiros. O que é mais necessário para de uma vez percebermos que esta gente nunca se compromete com nada, está sempre com um pé e com o olho no tabuleiro seguinte a tratar da sua carreirinha? De que se esquecerão mais, numa câmara que envolve tanta gente e tantos milhões? Não será melhor descentralizar competências e deixar que as Juntas de Freguesia tratem destes assuntos ? É que a Câmara não sabe, não conhece.  Depois disto alguém entregava o seu quintal à câmara de Lisboa?

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.