Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

O sector privado da Saúde é o maior prestador de cuidados

A realidade é bem diferente do que parece para a maioria de nós.

Se perguntar a alguém minimamente informado qual é o principal setor, por volume de negócios, na prestação de cuidados de saúde e venda de produtos de saúde em Portugal, provavelmente, a resposta será o SNS – Serviço Nacional de Saúde, que integra cuidados em ambulatório (centros de saúde e unidades de saúde familiar e hospitais), cuidados hospitalares (incluindo, MCDTs e medicamentos) e cuidados continuados.

A surpresa é que a resposta correta é: o setor privado.

Quadro 1

Ano 2018 Valor Total Despesa Saúde Setor Público Setor Privado
Milhões de euros 19 303 8 010 11 293
% Total 100% 41% 59%
Fonte: INE, Conta Satélite da Saúde

Uma análise mais fina revela quais as principais componentes:

Quadro 2

Unidade Total Despesa Saúde Setor Público Setor Privado % Setor Público % Setor Privado
Hospitais 7 975 5 816 2 159 73% 27%
Unidades residenciais de cuidados continuados 399 10 389 3% 97%
Prestadores de cuidados de saúde em ambulatório 5 040 1 383 3 657 27% 63%
Prestadores de serviços auxiliares 862 121 741 14% 86%
Venda a retalho e outros fornecedores de bens médicos* 3 673 0 3 673 0% 100%
Prestadores de cuidados preventivos 21 8 13 38% 62%
Prestadores de serviços de administração e financiamento dos sistemas de saúde 405 174 231 43% 57%
Resto da economia 767 418 350 54% 46%
Resto do mundo 159 79 80 50% 50%
Valores em milhões de euros; *o valor de venda das farmácias foi de 2833 milhões de euros em 2018. Fonte: INE, Conta Satélite da Saúde
 
 
 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.