Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

O que se temia - balança comercial a degradar-se fortemente

As importações aumentaram quase três vezes mais do que as exportações, assim degradando ainda mais a balança comercial. Numa palavra estamos a gastar mais do que o que produzimos..

Foram avisados que as reversões deviam ser feitas à medida da produtividade, de forma escalonada, mas o populismo é sempre mais forte.

Não tarda vamos ter os que agora incentivam a gastar mais a exigirem que não se pague e a dívida que não para de crescer é para gerir. Os défices sim são para reverter mas esses nem tanto. Se não descem quando o PIB cresce... 

E já vem de longe :

O INE também deu conta esta sexta-feira de uma revisão nos dados de 2016 para o comércio internacional e o resultado é pior que o assumido.

Segundo o Instituto, as exportações da economia portuguesa terão sido inferiores em quase 300 milhões de euros ao estimado nos resultados preliminares. As importações também foram revistas, mas em alta, em mais de 100 milhões de euros.

No total, as novas contas demonstram que o défice comercial – saldo entre o que foi vendido e o que foi comprado ao exterior pela economia portuguesa – terá sido superior em 401 milhões de euros ao que se pensava.

As contas de 2015 também sofreram uma revisão, com o INE a dar conta que as exportações terão sido inferiores em 175 milhões de euros nesse ano em comparação com os números que eram conhecidos.

António Costa vai encontrar um culpado.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.