Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

O que afasta Jesus da (do) Vitória ?

Um (Vitória) é licenciado na faculdade de motricidade humana de Lisboa Jesus, é licenciado na faculdade do balneário. E isso vê-se por fora.

No principio da época Rui Vitória, atacado por todos os que agora o aplaudem, reforçou a coesão da equipa. Foi mudando a equipa com os mesmos jogadores. Quando a estabilidade chegou, iniciou a fase de introdução de novos jogadores. Nalguns casos empurrado pelas lesões. Renato entrou por opção do técnico e o defesa central entrou por lesão do capitão Luisão. O jovem guarda redes entrou para o lugar de Júlio César por lesão do titular. Apostas mais do que ganhas.

A equipa ganhou outra intensidade com o médio e deixou de sofrer golos. Esta foi a receita para acompanhar o prato principal. Uma dupla de avançados que marca golos e dois extremos que fornecem bolas em último passe. A equipa cresceu com as lesões.

Já o Sporting perdeu o campeonato quando teve que gerir a lesão de Teo. O avançado foi substituído com mexidas na equipa para Bruno César entrar para a esquerda. Ruiz mudou-se para segundo avançado, ele que não é um goleador. Viu-se contra o Benfica em Alvalade ( baliza aberta falhando o golo a um metro ) e em Guimarães. Com a reentrada de Teo e Ruiz mais livre para organizar e desequilibrar o jogo, com mais espaço, a equipa voltou a marcar golos. 

Rui percebeu que a vitória estava em dar menos na discussão com Jesus e dar tudo na coesão interna Jesus, perdeu pontos enquanto intensificava a guerrilha onde está longe de ser um Mourinho.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.