Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

O PS e os empecilhos

Vai alta a bulha entre Catarina Martins e António Costa com a ajuda dos barões que entram agora na guerra. Tudo o que os separa e que foi cuidadosamente escondido (ia a dizer amordaçado) nos últimos quatro anos vem à luz do dia.

Muito antes foi Carlos César que iniciou a contenda. Dizia o César que se o PS fizesse o que o BE propunha o país seguia direito para a (quase) bancarrota. Convenientemente, César desapareceu  entre a bruma das ilhas açorianas.

A questão é mesmo entre o PS, que quer maioria absoluta para se ver livre dos “empecilhos”, e a esquerda, que quer um governo com mais exigência nos próximos quatro anos. Por isso, o PS recusa acordos, o Bloco estabelece pontes. O PS pede poder absoluto, o Bloco quer entendimentos para medidas. Sim, há uma escolha entre o PS e as esquerdas, ou entre a maioria absoluta que o PS deseja e as soluções que as esquerdas defendem.

O PS voltou a ser de direita.

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Luis Moreira 25.09.2019 12:27

    Olha que a coisa está a ficar preta. Mas acho que o PS deve apanhar com os cacos do que andou a fazer estes 4 anos
  • Imagem de perfil

    António Filipe 25.09.2019 13:04

    Vê lá não te enganes, como é costume.
    É que os portugueses não se esquecem do que o PSD e o CDS fizeram nos 4 anos que estiveram no governo.
    Sentiram-no na pele.
    Felizmente, havia alternativa e conseguiram recuperar grande parte daquilo que lhes foi tirado.
    Graças à geringonça, que se formou para que não continuasse a rapinagem por parte da direita.
    Com a direita no poder, o povo fica mais pobre, como, aliás, prometia o Passos Coelho.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.