Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

O pior do socialismo financiado pelo pior do capitalismo

Não há estados interventivos, monopolistas e abafadores da sociedade civil sem Ricardos Salgados. E a inversa também é verdadeira. Para quê sujar as mãos na agricultura e ter que ouvir o barulho dos teares na indústria se posso fazer contratos PPPs, com o Dr. Paulo Campos? Ou se posso ser o accionista de referência nas empresas públicas, o seu principal banqueiro e segurador, consultor e administrador? Só um estado monstro, metido em tudo e controlando tudo é que sustenta grupos económicos extractivos. Extraem para alguns. Para os seus. Família ou amigos. Não há bem comum. Há o bem de um ( João Vieira Pereira - Expresso). O parceiro foi sempre o mesmo. O estado. Ao contrário, precisamos de grupos económicos e instituições políticas inclusivas que difundem o valor criado pelo maior número de indivíduos.

Debaixo do guarda-chuva "interesse público" , PCP, BE e parte do PS ( PSD e CDS noutros refúgios mas à procura do mesmo) andaram de braço dado com Ricardo Salgado em tudo o que era negócio. Nem todos o fizeram pelas más razões mas de boas intenções está o inferno cheio. Fomos, somos e continuaremos a ser o país mais pobre e desigual da Europa se não libertarmos a sociedade civil. A liberdade, a economia de mercado, a transparência e a concorrência, conquistas do 25 de Abril, não chegaram ao estado. Confundimos socialismo com estatismo. Está aí, à luz do dia, tudo o que tem que ser mudado!

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.