Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

O irresponsável radicalismo anti-negócios do BE

A associação das empresas de energia renováveis afirma que a taxa que o BE propôs para constar no orçamento de 2018 levaria grande parte das empresas do sector à falência.

E disse mais, disse que houve duas empresas que recuaram na intenção de investimento associado a empresas estrangeiras só com a proposta do BE (400 a 500 milhões de euros).

E há no PS também quem se deixe seduzir por este esquerdismo irresponsável.

Vital não parece surpreendido com o facto de a medida ter sido proposta pelo BE. “Que o BE tenha congeminado esta brilhante solução de ‘expropriação por via fiscal’, isso faz parte do irresponsável radicalismo anti-negócios, típico da agremiação”, escreve no seu blogue.

Vital considera que a aplicação da sobretaxa a um setor protegido da área energética “lesava os direitos contratuais dos investidores” e “contrariava manifestamente a aposta nacional nas energias renováveis” que Portugal tem feito. “Nada a recomendava, portanto. Pelo contrário”, considera o ex-eurodeputado.

Seriam maiores as indemnizações contratuais que a receita arrecadada. Tudo gente séria e conhecedora neste BE.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.