Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

O FIM DA LINHA

Aquele a quem incumbe a obrigação de ser Presidente da República revelou hoje que também não foi informado da decisão do Estado espanhol em exigir certificados à covid-19 na fronteira terrestre com Portugal, acompanhando "o Governo na estranheza por, de repente, haver um dos países que adota uma posição unilateral sem o outro saber".

 

Como se estivesse em causa um simples episódio transfronteiriço.

 

Um dirigente sério (ou a sério) teria reagido aviltado, reclamando bem alto o respeito pela liberdade de circulação, conceito fundacional da União e, antes desta, da Comunidade. Exigiria a revogação imediata. Protestaria o recurso às instâncias comunitárias.


Esta atitude, aparentemente bisonha, é, na verdade, estratégica.


A liberdade de circulação passou a ter um preço elevado - a renúncia ao direito, irrenunciável, de aceitar ou recusar tratamento clínico segundo a vontade livre, consciente e informada de cada cidadão.


Doravante, a regra será - podes circular livremente, se fizeres aquilo que as leis que vigoram na União impedem que sejas obrigado a fazer; ou, tens direito a recusar exames ou tratamentos clínicos, se ficares quedo no teu canto.


Canto, que é teu, para já. Porque, não daqui por muito tempo, podes esperá-los. E não será para uma simples conversa.

 

Eis a União das Repúblicas Socialistas Europeias.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.