Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

O desemprego é “muito residual” entre os portugueses “fora de portas”.

Mesmo assim 70% querem voltar. O questionário ‘online’ lançado pela Fundação AEP, no âmbito do programa “Empreender 2020 – Regresso de uma geração preparada”, pretendeu estudar a emigração de jovens qualificados e a forma de os cativar a voltar. O projeto pretende também identificar as condições que favoreçam o retorno e desenhar cenários concretos de atuação com vista ao regresso desta geração e, ainda, debater um modelo de desenvolvimento capaz de acolher estes jovens.

Os países que acolhem estes jovens não só criam postos de trabalho para os seus próprios jovens como também para os nossos. Isto devia fazer-nos pensar.

O Reino Unido é o país que acolhe mais portugueses qualificados, seguido da Alemanha, França, Holanda e Suíça, tendo o pico da emigração sido em 2012. Países onde o empreendorismo é incentivado, o Estado não mete o bedelho onde não deve e facilita a vida aos cidadãos e onde a burocracia é combatida .

Por cá é preciso ir buscar o dinheiro onde ele está . Devemos acabar com os ricos para sermos todos pobres. Olaf Palm, dizia que na sua Suécia, tentavam acabar com os pobres.

Ainda hoje expliquei a um amigo, que conseguiu curar uma hepatite C, que tal foi possível porque há medimentos que curam. Se a indústria farmacêutica não investigasse e não descobrisse novas moléculas a prazo estávamos todos mortos.

Todos iguais e todos mortos .

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.