Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

O abraço de urso do PS

O PCP andou muito tempo a evitar o abraço de urso do PS mas a táctica de persuasão do PS de António Costa acabou por dar frutos. Agora é o BE que corre atrás do PS depois de ser repetidamente afastado nos últimos meses. E o LIVRE vai pelo mesmo caminho com o líder a abrir-se a uma fusão de toda a esquerda.

É claro que a posição relativa do PS é hoje bem mais forte. O PS não precisa do BE nem do LIVRE bem ao contrário de em 2015. E quando olhamos para as propostas do BE anteriores às eleições sabemos bem que o BE vai ser esmagado. Nacionalizações? Lei Laboral?Investimento público? Aumento da despesa?

É bem verdade que o que está a acontecer em Portugal já aconteceu noutros países embora por cá os dois maiores partidos ainda representem 66% do eleitorado. Há um muro que faz toda a diferença. A União Europeia e a Zona Euro.

É quase patético ver o desespero do BE para se agarrar qual lapa à solução governativa em negociação. Bem me lembro de ouvir Mariana Mortágua gritar em pleno Congresso "camaradas, estamos prontos", prontos para ocupar o poder, bem se vê. Não vai ser agora nem será tão brevemente.  

1 comentário

Comentar post