Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

No último trimestre de 2015 cresceu a economia e o emprego

Convinha não estragar . Confirma-se um crescimento da economia de 1,5% em 2015, ligeiramente abaixo dos previstos 1,7%. O desemprego diminuiu. 

À semelhança da economia, também a criação de emprego terá acelerado entre Outubro e Dezembro (um aumento de 1,3% em cadeia), que é acompanhada pelo aumento dos custos laborais no sector privado (mais 2,5% em relação ao mesmo trimestre de 2014). Já no sector público, os custos laborais caíram 9,1% em termos homólogos, estima o mesmo documento.

As contas nacionais é que estão apertadas à volta de um défice de 3% e com a saída dos défices excessivos posta em causa. As últimas notícias sobre as medidas do actual governo, vindas do exterior, não são positivas para o investimento . Os investidores estão a perder confiança e sem investimento não há mais emprego e mais criação de riquesa