Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

No dia seguinte o grevista perante os seus alunos

Objectivamente prejudicou-os, usou-os na luta dos seus próprios interesses. Estou a ver, o professor a chegar à aula e dizer "desculpem lá qualquer coisinha..." e as vítimas, cheias de angústia, a perdoar e a amar o professor para sempre. A respeitá-lo.

Os alunos não respeitam os professores, agridem-nos emocional e fisicamente? Exactamente o que os professores se preparam para fazer aos alunos. Dente por dente, olho por olho. Não me respeitas porque te respeitarei eu?

Queres trabalhar menos horas? Estar a receber sem trabalhar? Que tenho eu a ver com isso? E assim se percebe o ambiente conturbado da escola pública. E os maus resultados.

Um ministério que nada tem de educação e que é há muito o ministério dos professores do PCP. De um sindicato comandado por um alucinado que há vinte anos combate todos os governos eleitos legitimamente. Depois de todos estes anos é ele que tem razão? Todos os governantes estavam errados?

Querem que os alunos os respeitem ? Mostrem-lhes que os respeitam! É muito mais eficiente do que andarem a queixarem-se que sofrem na pele os efeitos de uma escola onde ninguém respeita ninguém. Uma escola má pasto de luta partidária a que os alunos são alheios.

Pensei que a anterior greve aos exames fora tão vexatória que jamais se repetiria mas, esta gente, só respeita a ideologia comunista. As pessoas não contam

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.