Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Não há "maioria absoluta" para ninguém

O PSD - Madeira não chegou à maioria absoluta. Ao fim de 37 anos de maiorias absolutas o PSD vai ser obrigado a fazer política. É essa a sua função enquanto partido político.

Há bem pouco tempo tivemos o exemplo da Alemanha que precisou de três meses para negociar uma solução de governo. Para apresentar um programa de governo, negociado, com cedências de parte a parte e com as melhores políticas a bem dos seus cidadãos. É isso que acontece na maioria dos países democráticos.

Bem podem o PS e o PSD pedir  a maioria absoluta. Também eles vão ter que "fazer política", encontrar solução para os grandes problemas nacionais. É essa a sua função mais nobre.

Às maiorias absolutas sobra-lhes em prepotência o que lhes falta em humildade democrática. Ao quero, posso e mando, que tão maus resultados tem dado, pede-se a negociação e uma estratégia clara.

E fazer coligações com outros partidos não é fazer a soma algébrica dos votos. Quem pensou assim aqui em Lisboa, desapareceu na voragem do "quero, posso e mando". Tal como na Madeira.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.