Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Não ganhou eleições nem cumpre acordo

Num outro qualquer país António Costa já tinha ido à vida. Chefia um governo de derrotados sem estabilidade e sem credibilidade e, com os primeiros problemas sérios, não cumpre o acordo que assinou com BE e VERDES .

É, claro, que vive à sombra da decisão do Presidente da República de nada mexer até às autárquicas. Mas nas últimas sondagens a popularidade de Costa já levou um trambolhão e o PS recuou. A inércia é a força mais difícil de vencer, uma vez descolada ...

É preciso dizer o óbvio : se a esquerda chumbar o acordo de concertação social significa que as posições conjuntas caíram, a estabilidade política que serve de razão-de-ser deste governo morreu e a Assembleia da República tem que ser dissolvida.

O chumbo do acordo em concertação social e o modo como o PS se obrigou a negociar ignorando o que prometera à esquerda comprovam a vulnerabilidade das posições conjuntas. Estavam condenadas ao desacordo desde o início. 

A partir de agora António Costa é Primeiro Ministro em nome de quê ? Não ganhou eleições, não tem uma maioria ...

No acordo que o atual governo assinou com Os Verdes – um dos membros da ‘geringonça’ – estava prometido: “Não constará do Programa de Governo qualquer redução da TSU das entidades empregadoras”. No acordo com o Bloco firmara-se também: "Não constará do programa de governo qualquer redução da Taxa Social Única das entidades empregadoras". 

Costa violou então as posições conjuntas, a esquerda ajudará a chumbar a concertação social e o governo minoritário do PS perde toda a sua legitimidade.

E o PSD é que salvará a geringonça ? É absurdo . 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.