Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Não existe uma descida de impostos

O que este governo reduziu em impostos directos aumentou em impostos indirectos. O quadro abaixo mostra isto à evidência. O Presidente da República já veio dizer que " não podemos voltar a 2011" .

impostos.png

 Modificar o perfil da carga de impostos não leva a lado nenhum como se vê pelo comportamento medíocre da economia, por mais ilusões que António Costa vá criando. Os avisos chegam de todo o lado. E sem aumento de riqueza não há como melhorar a vida das pessoas.

A descida registada na receita dos impostos directos é praticamente igual à subida que se verifica na tributação indirecta (pouco mais de mil milhões de euros).

Ou seja, na economia como um todo, não existe uma descida nos impostos. Há uma alteração do perfil da tributação. O actual Governo reforçou a componente dos impostos “narcotizantes”, aqueles que nem reparamos que estamos a pagar, e regressivos.