Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Não escolhemos já como queremos que seja o nosso bébé ?

Um grupo de cientistas ingleses defende que um dia destes pudemos escolher a aparência física do nosso bebé. Basta utilizar umas técnicas de manipulação genética e já está. Vamos ser todos altos, loiros e bonitos ou altos morenos e bonitos ou metade loiros e metade morenos ou um terço altos e negros, e quando dermos conta estamos como hoje. Há de tudo.

Claro que corrigir deficiências que resultam em doenças é importante e essa possibilidade é bem vinda. Mas escolher a aparência física do nosso bebe não o fazemos já quando decidimos tê-lo com determinada pessoa e não com outra ? Bem como a maneira de estar na vida, o carácter e a decência ?

Nem todos ( a larga maioria ) na verdade, têm a oportunidade de escolher ou escolhem limitados às circunstâncias individuais ( eu que sou feio nunca terei oportunidade ou terei menos oportunidades de conceber uma criança com uma bela mulher ) . Verdade , mas há muita gente feia que com inteligência, amor e persistência um dia tem essa oportunidade. É justo. Agora o que não parece justo nem natural é o bebé ser parecido com o vizinho do terceiro andar.