Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Nacionalizar o Estado, privatizar a iniciativa privada

Há 15 anos que Portugal não cresce economicamente  e sem mudanças essenciais continuará a não crescer o suficiente : Temos que colocar o Estado ao serviço de todos, “nacionalizá-lo”, não permitindo que continue cativo dos vários interesses privados e corporativos que o controlam, e assegurar uma sua melhor gestão. Temos que dignificar e regular a iniciativa privada “privatizando-a”, despegando-a dos favores e promiscuidades públicas. Temos que tornar todos os mercados mais flexíveis e abertos sem excessos de poderes dominantes, com uma concorrência forte e bem regulada. Temos que fazer crescer e aproveitar todo o potencial de cada português e de todos os que cá trabalham e empreendem.

Os recentes casos do BES e da PT são prova disto mesmo bem como todos os outros onde a promiscuidade entre Estado e a iniciativa privada deitou tudo a perder. De cada um segundo as suas capacidades a cada um segundo as suas necessidades. A frase é marxista mas não quer dizer o que os marxistas lhe atribuem. A verdade é que não somos iguais e não temos todos as mesmas necessidades nem as mesmas capacidades. O que o Estado tem que garantir é oportunidades iguais para todos . E sair da frente.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.