Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Mascarar o valor do défice sem mexer no essencial

"Essa gente" confunde reforma do estado, ou seja, cortes certeiros de desperdícios e gorduras, com cativações, uma forma ardilosa de mascarar o verdadeiro valor do défice sem mexer no essencial. Confunde-se assim o estrutural com o conjuntural, estratégia com táctica, consolidação orçamental sustentada com medidas temporárias à espera de um milagre.

Mas não há milagres quando se esconde o pó debaixo do tapete.

As tragédias que nos assolam nada têm a ver com a redução do défice, é antes o resultado de opções erradas e da manifesta incapacidade do poder  político para cumprir a sua missão de defender o interesse de todos e não apenas de alguns.

Podemos imaginar, por exemplo, como é que Medina Carreira trataria "essa gente" que se prepara para aprovar um relatório sobre a Caixa Geral de Depósitos  que atribui à crise internacional a derrocada do banco do estado.

"Essa gente" colocou durante anos a CGD ao serviço da política, que a usou para assaltar um banco privado, que nela colocou verdadeiros comissários políticos em "lugares-chave", que distribuiu dinheiro a uns amigalhaços do governo de ocasião.

É preciso uma democracia forte e um estado ao serviço dos mais desfavorecidos e esquecidos.

PS : Luis Marques - Expresso