Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Mais uns milhões para a RTP

Rui Mendes Ferreira
41 min ·
SAPO Vídeos
·
 

Fechem-na, privatizem-na, vendam-na, ou ofereçam-na grátis! Porra.

Mas por favor, haja alguém com coragem para retirar esta canga (a somar a muitas outras) de cima de nossos pescoços, e de uma vez por todas. Porra!

Esta miserável e inútil empresa só de Taxas cobradas na factura da EDP, roubou-nos em 6 anos, mil milhões de euros.

E chamo a vossa atenção, que nestes montantes, não estão ainda incluídos as centenas de milhões de euros, saídos dos cofres do dinheiro público, provenientes dos nossos impostos, que andam há dezenas de anos a ser literalmente para lá despejados, desbaratados e esbulhados, através do Orçamento de Estado.

Só através do OE, e das dívidas desta empresa que o erário público teve que assumir, foram já vários milhares de milhões de euros. Têm sido milhares de milhões de euros, desde que passaram a existir televisões privadas que conseguem fazer exactamente tudo o que a RTP faz, muito melhor e a mais baixo custo.

Pensem bem no seguinte:

Mil milhões confiscados directamente dos nossos bolsos, só em 6 anos. para sustentar um cancro do regime, ao serviço dos interesses e da voz do dono que num dado momento governa, e autêntico albergue de boys, chulos, e parasitas.

Sabem quantos hospitais se podiam construir em 6 anos, com mil milhões de euros, e que ficariam pagos em 6 anos, sem empréstimos, e sem mais dívidas para as seguintes gerações? Sabem quantos centros de saúde comunitários podiam ser construidos e manter a operar?

Sabem quantos médicos mais podiam ser formados e contratados, com mil milhões de euros? Para que de uma vez por todas, todos os cidadãos tivessem acesso a um médico de família?

Sabem quantas consultas, quantos tratamentos, quantas operações, podiam ser realizadas com mil milhões de euros? Para que de uma vez por todas deixássemos de ter listas de espera e doentes anos seguidos à espera de uma consulta ou de um tratamento ou de uma operação,

Sabem quantas camas mais podiam existir nas enfermarias, com mil milhões de euros? Para que de uma vez por todas deixássemos de ter a pouca vergonha que são as centenas de doentes em macas nos corredores dos hospitais?

Pensem bem em tudo isto, nas opções que já há muito devíamos ter feito, e nas decisões que por cobardia, ou interesses pessoais e partidários, ninguém quer tomar.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.