Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Mais uma enganada por Sócrates

Não é a primeira nem será a última. Começou com a Fernanda Câncio que escreveu na sua coluna no DN que não sabia que o dinheiro com que o ex-PM pagava as despesas era de um amigo. Se soubesse não teria aceitado a situação. Sempre lhe foi dito que a família tinha meios de fortuna ( cito de memória) .

Com a revelação do processo muitos outros dirão o mesmo. Não sabiam, mas bateram palmas, encheram salas e criticaram quem deles discordava.

Agora também sabemos que o "Abrantes" era mesmo um funcionário pago por Sócrates para dizer bem dele e do seu governo . E, evidentemente, o dinheiro vinha de uma conta pertencente a um tal Mão de Ferro, arguido no Processo Marquês. Nunca é como nos é contado, há sempre um tio, um primo, uma ex-namorada, um amigo, um amigo de um amigo...

E dinheiro, muito dinheiro...

Isabel Moreira: ‘Sócrates teve um comportamento que é eticamente condenável

 

isabel moreira.jpg

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.