Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Jesus Cristo foi um menino adoptado

imbecilidade não tem limites. As meninas e os meninos do BE para celebrarem a adopção por casais homossexuais quiseram brincar com a que terá sido a primeira adopção. No caso por um casal heterossexual. Maria era Sua mãe e José - marido de Maria - adoptou a criança que não era dele.

Se a ideia era comparar com a adopção de crianças por um casal composto por dois homens ou por duas mulheres, então a imbecilidade resulta da ignorância. E da vontade de gozar com quem lutou democraticamente pelas suas opiniões e que tem que aceitar a decisão da maioria. Maioria que só serve ao BE quando ganha, porque não é um partido democrático. Não sabe perder e ainda menos ganhar.

Agora querem-nos convencer que estavam a brincar o que torna a imbecilidade ainda maior. Brincar com a Fé da larga maioria dos portugueses. O povo que lhes enche a boca todos os dias e que dizem defender. Como se vê não só não o defendem como o gozam naquilo que esse povo tem de mais profundo. Estas meninas e estes meninos do BE não passam de uma canalha.

Francisco Louçã dizia hoje na sua parla televisiva que " é preciso saber se se pode ou não discutir as religiões e que limites deve haver à liberdade de expressão". O truque, é desviar as atenções do que é realmente fundamental. Pode discutir-se tudo e dizer tudo desde que não se ofendam os princípios da civilização em que vivemos e fomos formados.

É que o tal povo que ofendem não quer mudar de civilização nem de princípios. Há 40 anos que o anda a dizer em eleições livres e democráticas.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.