Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BandaLarga

as autoestradas da informação

BandaLarga

as autoestradas da informação

Já posso morrer descansado

A Administração Pública vai deixar de exigir ao cidadão a exibição de certidões e documentos que já tem na sua posse. As empresas deixam de ter que pedir à Segurança Social certidão em como têm a sua situação regularizada. O cidadão já não precisa de pedir à Justiça certidão onde conste que nada consta no seu registo criminal.

Ainda na semana passada tive que me dirigir às finanças para pedir que retirassem do meu cadastro patrimonial uma propriedade que não era minha. E para o fazer exibi um documento da própria administração pública onde constava o verdadeiro proprietário. Isto depois de calcorrear umas quantas repartições que me enviavam, diligentemente, umas para as outras sem resolverem o problema. Tive que me juntar ao verdadeiro proprietário e assinarmos ambos um documento para que a correcção fosse efectuada. Vamos lá ver se o próximo IMI é exigido só ao (real) proprietário e não aos dois.

Se a sociedade não exigir mérito à Administração Pública, se aceitarmos que só há direitos e nenhum dever , vai ser sempre o cidadão que  serve a Administração Pública e não o contrário.